Terça, 17 Julho 2018 14:58

Desmistificando preconceitos sobre a educação escolar cristã

Escrito por

Além da noção comum de que matricular uma criança em uma escola cristã pode ser mais caro para os pais e limitar as habilidades de aprendizado do aluno, há muitas falácias sobre a educação cristã.

*Ao contrário da crença popular, uma escola cristã é mais do que uma instituição educacional que apresenta ornamentos religiosos como a Bíblia e momentos de oração. A verdadeira educação cristã visa integrar a Palavra de Deus em todas as partes do currículo comum, bem como em todas as suas atividades co-curriculares. Isso significa que os professores dessas instituições são treinados para integrar valores cristãos em suas aulas.
*Outro equívoco comum sobre a educação cristã é alegar que o foco principal é apenas em ensinar religião aos seus alunos. Na maioria das vezes, as pessoas acreditam que esse assunto só deve ser abordado na igreja durante a Escola Dominical, durante os cultos familiares em casa ou durante os estudos bíblicos. No entanto, as escolas cristãs estão bem equipadas com um currículo de alto nível como as demais escolas.
*Além disso, muitos pais acham que matricular seus filhos em uma escola cristã poderia protegê-los de pecados mundanos como o uso de drogas e álcool. Embora não haja garantia de que as crianças não sejam expostas a esses tipos de incidentes, as escolas cristãs ensinam sobre esses temas através de uma cosmovisão cristã.
*É comum também que os pais estejam equivocados quando acreditam que uma escola cristã é sua última opção para resolver os problemas comportamentais de seus filhos. Pelo contrário, a motivação correta que os pais deveriam ter é considerar que a escola cristã vai ensinar seus filhos a viverem para Deus e não somente para corrigi-los. 
*Outra questão que deixa os pais em dúvida sobre colocar os filhos em uma escola cristã, é que eles acham que os filhos devem ser expostos ao “mundo real”. No entanto, o mundo que uma instituição educacional cristã deseja que os alunos conheçam, é um mundo que é regido pela Palavra de Deus.
*Outro argumento dos pais cristãos qual eles desejam que seus filhos estudem em escolas seculares, é para que seus filhos sirvam como testemunhas de Deus fora da igreja. No entanto, seria mais útil se os jovens cristãos tivessem treinamento adequado de professores tementes a Deus antes de poderem compartilhar o amor de Deus com outras pessoas.
*Outros acreditam que crescer em um lar cristão será suficiente para aprimorar a fé de seus filhos, mas os pais precisam lembrar que as crianças passam mais tempo na escola, o que significa que mais horas serão usadas para aprender coisas seculares. É por isso que é importante afiar suas crenças cristãs o máximo possível.
*Aqueles que estão preocupados com o custo de colocar seus filhos em uma escola cristã devem considerar que um pequeno sacrifício financeiro para seus filhos pode ter um resultado compensador. De acordo com uma pesquisa, investir mais para a educação cristã de uma criança também pode fazer com que seus filhos se sintam amados e importantes. Isso permitirá que eles acreditem que seus pais estão investindo os recursos dados por Deus em algo que glorificará ainda mais o Seu nome, pois estão estudando em um estabelecimento educacional que desenvolverá ainda mais sua fé.
Vale a pena investir em Educação Escolar Cristã.

 

Artigo traduzido pela Equipe ACSI Brasil (Publicado originalmente em https://www.christianpost.com/news/debunking-misconceptions-about-christian-education-224737)

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.