Urso Benjamim - Pede Por Favor

ImprimirE-mail
Uma história encantadora, com ilustrações brilhantes e divertidas de Steve Smallman.
Urso Benjamim
R$ 22,00
Descrição

Lá vem Novamente o Urso Benjamim, com seus amigos Sedoso, Nina e Pompom. Ele está em seu bom humor de sempre, correndo em busca de diversão na neve, fazendo um boneco de gelo ou brincando no trenó. Mas o Urso Benjamim tem se esquecido de pedir por favor! Até que por fim ele se lembra. E seus amigos se lembram de dizer "por favor" também. 

Título do livro: Urso Benjamim – Pede por favor

Autor: Claire Freedman

Ilustrações: Steve Smallman

Editora: Hagnos

Páginas: 30 páginas

Formato: Brochura

Segmento(s): EI, 1º

 

Integração Bíblica: Colossenses 4.5-6; Provérbios 16.24; Tiago 3.13; Salmo 19.14 

A nossa comunicação revela como vemos a nós mesmos e o outro. E isto é refletido na forma como nos relacionamos. Usar a expressão de cortesia Por favor  pode nos ajudar a lembrar os limites que precisamos respeitar quando se trata do que é meu e o que é do outro, indicando quando é o caso de pedir e esperar permissão para usar aquilo que não me pertence ou esperar o momento certo para agir em uma determinada situação que eu preciso da permissão do outro. A utilização correta desta expressão pode auxiliar a criança a entender os limites e a respeitá-los, pois, há muitas situações em que não há limites físicos claros como um muro, uma porta, objetos guardados em mochilas, estojos, etc... mas, os limites estão lá, como por exemplo, em situações em que uma criança quer utilizar um brinquedo ou um objeto que já está com outra criança ou quando um grupo de crianças está brincando e uma outra chega e quer participar também.  Na rotina escolar haverá muitas oportunidades para a criança colocar em prática o uso desta expressão de cortesia, não só com os colegas, mas, em muitos momentos, terá que pedir permissão ao professor para falar ou para ir ao banheiro etc... Por estas e outras razões enquanto a criança aprende a utilizar esta expressão e a entender o porquê de usá-la, vai internalizando o conceito de limite e de propriedade, levando-a agir cada vez mais de forma respeitosa e coerente no mundo e assim vai glorificando a Deus através do amor e respeito que demonstra ao outro e aquilo que lhe pertence. As palavras de cortesia fortalecem o conceito de respeito ao outro e aquilo que lhe pertence, incentivando também a humildade.

 

OBS: Integração com a BNCC  exclusiva para escolas associadas no PORTAL.

Opiniões

Ainda não há comentários para este produto.